(85) 98947-4543 | (85)3274-7590 [email protected] Rod. BR 116, 9460 - Bairro Barroso - Fortaleza/CE

SETEMBRO AMARELO – MÊS DE PREVENÇÃO DO SUICÍDIO

O Setembro Amarelo é uma campanha organizada desde 2014 pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP e o Conselho Federal de Medicina – CFM, com o intuito de prevenir e reduzir casos de suicídio que, no Brasil, chegam aos 12 mil por ano.

No dia 10 de setembro é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, data tão relevante e que auxilia na divulgação de informações, orientações para a sociedade, diretrizes para empresas e parceiros, além de incentivos destinados a cada região.

Solidariedade como um dos primeiros passos: a importância do Setembro Amarelo

Com uma série de diretrizes para a divulgação e materiais especialmente pensados para levar a informação de maneira adequada, a campanha do Setembro Amarelo trabalha com uma agenda de eventos organizados por federadas e parceiros da ABP.

Ao tratar do suicídio, é necessário, antes de tudo, compreender que a prática da solidariedade configura-se como um dos caminhos mais certeiros, além de, reconhecer que o suicídio é, atualmente, considerado um problema de saúde pública.

Informação e prevenção caminhando juntas

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), nove em cada dez casos poderiam ter sido evitados. Mas qual seria, afinal, a forma mais eficaz de se evitar entrar nas estatísticas? Confira algumas dicas elaboradas e pensadas por órgãos especializados:

  • antes de tudo, é preciso que as pessoas tenham acesso a informação, por isso, a divulgação sobre o Setembro Amarelo e as ações que o compõe são tão importantes;
  • a orientação da população com relação as possíveis doenças mentais é outro fator muito relevante, é necessário desconstruir alguns preconceitos, medos e tabus com relação ao assunto;
  • organizar mobilizações, tais como – caminhadas, conversas em grupos, publicações, corridas, passeatas, shows e outras ações públicas que convoquem as pessoas a falar sobre o tema;
  • compartilhar materiais criados pela ABP;
  • fechar parcerias públicas e privadas, desde que todas sejam devidamente consultadas para a aprovação e, para isso, é necessário entrar em contato com a ABP ou o CFM;
  • informar-se sobre os locais de atendimento especializado em cada região do país e
  • além de todas as ações que podem ser colocadas em prática, é importante reconhecer quando é preciso buscar ajuda, por isso, se você acha que está passando por alguma dificuldade ou conhece alguém que está passando por algum tipo de problema, é preciso procurar um psiquiatra.

O site do Setembro Amarelo oferece uma forma rápida e simples para encontrar profissionais associados, além disso, nesse mesmo local é possível encontrar uma série de materiais com informações sobre: diretrizes da campanha, agenda dos eventos, materiais para download e outros.

Na cidade de Fortaleza – CE, o número de suicídios só fica abaixo de São Paulo e os casos só aumentam a cada dia. Por isso, o trabalho de conscientização é tão importante.

Em Fortaleza também é possível entrar em contato com o CVV (Centro de Valorização da Vida) por meio do número 188 ou através do site www.cvv.org.br – que possibilita o contato por e-mail ou chat.

Sobre o Autor

Deixe seu comentário!